Untitled Document
Boa tarde, 25 de out
Untitled Document
Untitled Document
  
EcoAgência > Notícia
   
Jornalismo Ambiental

Quinta-feira, 23 de Setembro de 2021

 
     

Amazônia e povos indígenas em destaque na comunicação climática

  

Evento virtual ocorre nos dias 6 e 7 de outubro de 2021, não é necessário realizar inscrição e a transmissão será feita pelo canal do YouTube do Ladecom

  


Por Eloisa Beling Loose - especial para a EcoAgência

A Amazônia, as comunidades indígenas e as mudanças climáticas estão intimamente relacionadas. Mas, esta conexão aparece nos discursos da imprensa? As vozes indígenas são incluídas nos debates sobre os problemas e soluções para a degradação ambiental? É este o ponto de partida para o evento virtual “A Amazônia e os povos indígenas na comunicação das mudanças climáticas", que ocorre nos dias 6 e 7 de outubro de 2021.

Sinéia do Vale Wapichana, gestora ambiental do Conselho Indígena de Roraima (CRI), fará a conferência de abertura da atividade. A programação conta ainda com quatro mesas-redondas sobre a conexão dos povos indígenas e da Amazônia com a crise climática. Dentre os palestrantes, estão pesquisadores renomados de diferentes áreas de conhecimento, jornalistas que cobrem o assunto e aqueles que vivenciam a luta para manter a floresta em pé.

As mudanças climáticas já fazem parte da nossa realidade e o último relatório do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, sigla em inglês), publicado em agosto deste ano, aponta que a humanidade é responsável por um aumento de 1,07°C na temperatura do planeta. A destruição da Amazônia está fortemente associada às emissões de gases de efeito estufa no Brasil, sendo considerada um dos pontos de inflexão que podem desencadear uma verdadeira catástrofe ecológica. Já as comunidades indígenas, reconhecidas como “guardiãs do planeta”, são referência ética na relação com a terra e na defesa da floresta, sendo diretamente afetadas pelas queimadas e pelo desmatamento, que tanto intensificam as mudanças climáticas quanto são potencializadas por seus efeitos.

O evento é organizado pelo Grupo de Pesquisa em Jornalismo Ambiental (GPJA), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e pelo Laboratório de Estudos da Comunicação (Ladecom), da Universidade de Sevilha, Espanha. Ambos grupos estudam as interfaces entre comunicação e mudanças do clima. Não é necessário realizar inscrição e a transmissão será feita pelo canal do YouTube do Ladecom: https://www.youtube.com/user/Ladecom2012.


A programação completa pode ser acessada em: https://recambiacambioclimatico.com.

 

 

 

EcoAgência

  
  
  
Untitled Document
Autorizada a reprodução, citando-se a fonte.
 
Mais Lidas
  
Untitled Document
 
 
 
  
  
  Untitled Document
 
 
Portal do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul - Todos os Direitos reservados - 2008