Untitled Document
Boa tarde, 09 de dez
Untitled Document
Untitled Document
  
EcoAgência > Notícia
   
Mudanças Climáticas

Segunda-feira, 26 de Novembro de 2012

 
     

Conferência sobre mudança climática em Doha debate Protocolo de Quioto

  

Encontro, aberto nesta segunda-feira, reúne representantes de 194 países; relatora da ONU diz que apesar de implicações financeiras, as conversações também devem levar em conta a questão da solidariedade e da vida no planeta.

  


Por Mônica Villela Grayley e Eleutério Guevane - Rádio ONU

Doha, capital do Catar, abriga a partir desta segunda-feira a Conferência sobre Mudança Climática das Nações Unidas, COP 18. O evento discute a segunda fase de cumprimentos do Protocolo de Quioto, marcada para expirar no fim deste ano. Participam da reunião, representantes de 194 países. Em comunicado, a relatora das Nações Unidas, Virginia Dandan, pediu aos governos que não pensem somente nos custos da mudança climáticas, mas que, acima de tudo, assumam um "compromisso forte" com a solidariedade internacional.

O objetivo é reforçar o plano para combater os altos níveis de emissões de dióxido de carbono pelas nações desenvolvidas. Para a relatora, a comunidade internacional tem que estar preparada para colocar mais do que o dinheiro sobre a mesa. Virginia Dandan disse que os países podem construir pontes que ajudem as comunidades afetadas pela mudança climática, sejam elas pobres ou ricas. Ela citou ainda investimentos, transferência de tecnologia e a parceria global para o desenvolvimento como uma das propostas para adoção.
A relatora lembrou que nenhum país atualmente no mundo tem como escapar dos efeitos da mudança climática. Segundo Dandan, é hora dos líderes mundiais se levantarem com coragem para executarem a promessa que foi feita na Rio + 20 sobre o desenvolvimento sustentável. A reunião em Doha, no Catar, deve terminar no próximo dia 7.

Aquecimento global

No primeiro dia da Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, COP 18, governos discutiram a urgência em combater o aquecimento global. São mais de 190 países reunidos na cidade de Doha, no Catar, até o dia 7 de dezembro. A secretária-executiva da Convenção sobre Mudanças Climáticas, Unfccc, destacou uma série de relatórios de agências da ONU sobre o aumento do clima.

Christiana Figueres ressaltou a urgência em evitar que a temperatura média do planeta suba mais de 2° Celsius. Ela disse que o nível de ações até agora não é suficiente e que as portas para mudar o quadro estão fechando rápido. Entre outros objetivos da COP 18 está garantir um segundo termo para o Protocolo de Quioto, que expira no fim do ano. O acordo internacional prevê que os países industrializados reduzam a emissão de gases que causam o efeito estufa. A segunda fase do Protocolo deve começar em 1 de janeiro de 2013.

Na Conferência no Qatar, também será implementado o programa "PaperSmart" da ONU, buscando evitar a impressão de material e distribuir cópias digitais de documentos aos participantes do evento. Outra medida busca reduzir a poluição causada pelo tráfego. Uma frota de ônibus vai levar participantes dos locais de hospedagem ao Centro de Convenções do Catar e a algumas atrações turísticas da cidade. Os veículos são a gás natural ou híbridos.

Rádio ONU, parceira da EcoAgência de Notícias

  
  
  
Untitled Document
Autorizada a reprodução, citando-se a fonte.
 
Mais Lidas
  
Untitled Document
 
 
 
  
  
  Untitled Document
 
 
Portal do Núcleo de Ecojornalistas do Rio Grande do Sul - Todos os Direitos reservados - 2008